• Criminal

Criminal

28/04/2021

Após julgar recursos, Tribunal de Justiça mantém condenação de seis réus denunciados pelo MPPR por furto de animais a partir da Operação Aristeu

O Tribunal de Justiça do Paraná, após análise de recursos de seis réus denunciados pelo Ministério Público do Paraná, manteve suas condenações. Os réus haviam sido denunciados pela Promotoria de Justiça de Cantagalo, no Centro-Sul do estado, em 2018, a partir da Operação Aristeu, do MPPR, que apurou crimes cometidos por uma organização criminosa que furtava animais de criação em propriedades da região.

Sete pessoas investigadas e denunciadas pelo Ministério Público foram condenadas em maio de 2019 – seis delas apelaram ao TJPR, que manteve as condenações. O julgamento no Tribunal de Justiça foi realizado pela 4ª Câmara Criminal, que apenas alterou as penas de dois dos réus.

Processo número 0005356-32.2018.8.16.0031.

Veja matérias anteriores sobre o caso:

26/03/2018 – Promotoria de Cantagalo deflagra, com apoio da polícia, operação contra furto de animais de criação em propriedades rurais

31/05/2019 – Justiça condena sete integrantes de organização criminosa denunciados pelo MPPR por prática de furtos de animais na região de Guarapuava

Informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação
comunicacao@mppr.mp.br
(41) 3250-4264

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem